maio 24 2018 0Comment
o que é mttr

MTTR: Mean Time to Repair – O que é e como usar?

O que é MTTR?

MTTR é um indicador de desempenho usado na manutenção para indicar o Tempo Médio Para Reparo de algum equipamento, componente, máquina ou sistema. MTTR é a sigla para Mean Time to Repair, que em português significa Tempo Médio para Reparo.

Veja no vídeo:

 

O MTTR é um indicador menor/melhor, ou seja, devemos trabalhar para mantê-lo baixo. Mas, com algumas ressalvas:

  1. Não existe uma referência de valor ideal para MTTR. Não é assim que devemos trabalhar com esse indicador. Cada empresa terá equipamentos, máquinas, situações, equipes e realidades diferentes. Portanto, terão MTTR diferentes.
  2. Ao exigir que as equipes mantenham um MTTR baixo, podemos induzi-las ao erro. As equipes podem começar a realizar as manutenções corretivas mais rapidamente, mas negligenciando pontos importantes para eliminar a causa raiz do problema. E nós conseguiremos identificar isso apenas no longo prazo.
  3. Obviamente, o MTTR  é um indicador usado apenas em equipamentos reparáveis. Ele representa o tempo médio necessário para reparar um componente ou dispositivo com falha. Expresso matematicamente, é o tempo total de manutenção corretiva para falhas dividido pelo número total de ações de manutenção corretiva para falhas durante um determinado período de tempo. 

Como calcular o MTTR?

Expresso matematicamente,  o MTTR é Somatório dos Tempos para Reparo (Tempo Total de Manutenção Corretiva) dividido pelo número total de ações de manutenção corretiva durante um determinado período de tempo.

mttr

Vamos imaginar a seguinte situação:

Em uma determinada indústria de artefatos plásticos, temos uma Injetora de Plástico. Essa injetora tem um acionamento por motor elétrico em seu sistema de injeção e esse motor elétrico apresentou algumas falhas durante o mês.

João é o Supervisor da Manutenção e quer saber qual o Tempo Médio para Reparo daquele determinado motor elétrico para tomar algumas ações.

O primeiro passo de João foi levantar o número de falhas. Ao levantar esse número, descobriu que o motor apresentou 4 falhas durante o mês.

O segundo passo foi levantar o tempo para reparo de cada uma dessas falhas. Ou seja, quanto tempo a equipe levou para colocar o motor elétrico de volta a operação em cada uma das situações. Analisando as Ordens de Serviço, ele encontrou:

  • FALHA 1: 2 horas
  • FALHA 2: 8 horas
  • FALHA 3: 3 horas
  • FALHA 4: 4 horas

De posse das informações, o terceiro passo foi calcular o MTTR da seguinte forma:

mttr

O valor para o Tempo Médio para Reparo do Motor Elétrico foi de 6,25 horas. 

Ok. Mas o que isso quer dizer? 

Como o MTTR pode te ajudar?

Assim como qualquer outro indicador, o MTTR só vai fazer sentido se você souber as suas aplicações práticas. Ele pode servir para encontrar vários outros indicadores e te dar uma base de informações para tomada de decisões. 

Algumas aplicações para o Tempo Médio para Reparo:

  1. O MTTR lhe indica quanto tempo em média o seu equipamento ficará parado para uma manutenção corretiva, caso ele falhe novamente. Voltando ao nosso exemplo: João sabe que se a Injetora de Plásticos parar novamente por falha no motor elétrico, ele levará em média 6,25 horas para coloca-la em funcionamento.
  2. O Tempo Médio para Reparo também é usado para calcular a Mantenabilidade de um equipamento. Ou seja, qual a probabilidade de uma manutenção ocorrer no prazo previsto. Esse indicador indica basicamente a facilidade de se executar manutenção em um determinado equipamento.
  3. Com o MTTR e MTBF você encontrará o valor da Disponibilidade Inerente de um equipamento.
  4. Se você encontrar o MTTR e MTBF, você encontrará a Disponibilidade e a através da Disponibilidade (junto com produtividade e qualidade) você encontrará o OEE – Eficiência Global do Equipamento.

Para entender melhor, sugiro fortemente que você leia os artigos abaixo:

  1. Como Calcular a Disponibilidade de Equipamentos Industriais
  2. O que é MTBF?
  3. O que é Mantenabilidade / Manutenabilidade?
  4. O que é e como cacular o OEE – Overall Equipment Effectiveness

mtbf e mttr

mtbf e mttr

Diferença entre MTBF e MTTR

É muito comum algumas pessoas confundirem o indicador MTBF com o indicador MTTR, devido a semelhança na fórmula do calculo. É válido lembrar a suas diferenças e como eles devem ser usados.

MTBF é a sigla para Mean Time Between Failures, ou seja, Tempo Médio Entre Falhas. Veja o vídeo e saiba mais:

Fórmula para calcular o MTBF:

o que e mtbf

O MTBF é normalmente parte de um modelo que assume que o sistema falhou e é imediatamente reparado. A definição de MTBF depende da definição do que é considerado um sistema de falha. As falhas são consideradas condições de projeto que colocam o sistema fora de operação ou em um estado para o reparo.

Enquanto o seu irmão, MTTR, mede o Tempo Médio para Reparo dessas falhas.

Esses dois indicadores foram popularizados em meados de 1960 e são usados até hoje para mensurar e definir estratégias de manutenção.

MTBF e MTTR: Saiba usar!

Como dito acima, podemos dizer que os indicadores MTBF e MTTR são irmãos. 

Um cenário que eles podem nos indicar é o seguinte:

Imagine que uma determinada Colhedeira de Cana tem o MTBF do seu sistema hidráulico em 73,75 horas e o MTTR de 10,75.

mttr e mtbf

Podemos dizer que, em média, a cada 75,75 horas (MTBF) essa Colhedeira pode ter uma falha no seu sistema hidráulico. Isso não significa que ela terá, apenas que de acordo com os eventos ocorridos até o momento, esse é o tempo médio entre uma falha e outra.

E se caso essa colhedeira realmente ter uma nova falha no sistema hidráulico, será reparada em uma média de 10,75 horas. Também não quer dizer que essa falha será reparada rigorosamente dentro de 10,75 horas, quer dizer que de acordo com os eventos ocorridos até o momento, esse é o tempo médio para reparo das falhas desse sistema hidráulico.

Como dito, MTBF e MTTR são médias aritméticas. De acordo com um cenário passado, eles nos dão uma média dos intervalos de tempo dos acontecimentos. 

Para sabermos com determinada exatidão quando uma falha irá ocorrer e quanto tempo ela levará para ser corrigida, teremos que calcular a confiabilidade e a mantenabilidade (ou manutenabilidade) do equipamento.

A confiabilidade expressará qual a probabilidade de um determinado equipamento continuar operando sem falhas em um determinado período de tempo. 

A manutenibilidade expressará qual a probabilidade de uma ação de manutenção ser executada dentro do tempo previsto.

Para saber como calcular esses dois indicadores, leia os dois artigos abaixo:

O que é MTTR

*Esse artigo é parte integrante do material didático do Curso Online de PCM – Planajamento e Controle de Manutenção.

PCM PLANEJAMENTO E CONTROLE Da MANUTENÇÃO

Como calcular MTTR


Leia também:

[ess_grid alias=”blog-masonry-2″][/ess_grid]

 

manutenção enxuta

jhonata

Jhonata Teles é profissional certificado internacionalmente pela SMRP – Society Maintenance & Reliability Professionals, na categoria CMRP – Certifield Maintenance & Reliability Professional. Especialista em Gestão, Planejamento e Controle de Manutenção, Analista de Vibração com certificação Nível 2 pela FUPAI e certificação internacional pela Instituição Canadense Mobius Institute, especialista em Lubrificação Industrial com certificações internacionais MLT-1 e MLA-1 pelo ICML – International Council of Machinery Lubrication. Possui mais de 12 anos de experiência em indústrias de grande porte, sempre dedicados a Gestão da Manutenção, PCM e projetos de Confiabilidade Industrial. Atuou como Analista de Vibração, Consultor Técnico, Supervisor de PCM, Coordenador e Gerente de Manutenção em indústrias dos segmentos alimentício, higiene e limpeza, químico, metalúrgico e cimenteiro. Autor dos livros e métodos de capacitação: Planejamento e Controle da Manutenção DESCOMPLICADO ®, Bíblia do RCM e Gestão de Paradas de Manutenção. Como Diretor de Operações da ENGETELES já liderou mais de 300 projetos de consultoria no Brasil e em seis países, além de ter capacitado mais de 10.000 profissionais na área de Gestão da Manutenção.